Seguidores

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Pegadas Apagadas




E na esquina desse mundo de meu Deus,
Encontrei-te como pedinte.
Pedia seus sonhos de volta;
A vida de outrora... Sua alegria, agora triste.
Arrependido e tão pobre de amor,
Como passarinho sem alpiste,
Borboleta sem flor.
Tive compaixão. As escolhas
Às vezes não são as melhores,
Mas, vai entender o coração!
A compreensão às vezes vem tarde.
A tempestade chega derrubando as árvores,
Leva a raiz e os frutos em pleno verão.
Como pedinte na esquina do mundo,
Vi você perdido feito um vagabundo...
Implorando pra eu de volta te aceitar.
Mas, o tempo apagou suas pegadas,
Você não mais caminhava pelas minhas estradas.
O seu adeus era pra não mais voltar.
Eu te esqueci! Não poderia sofrer em vão.
Não me fez bem te ver assim, mas...
A tempestade também lavou meu coração;
Hoje só tenho perdão em seu lugar.
Só posso te dizer que o meu “não” não é pra me vingar.
É que tudo passa... O tempo cura a ferida.
O amor pode acontecer num encontro em uma esquina,
Outras vezes elas servem pra reencontros de alegria.
Essa, pra nós, foi um cenário de despedida.

Elaine Barnes
Foto Joana Carvalhas ( Olhares)

26 comentários:

Gilson disse...

Nosso coração tem a fortaleza de reconstruir cada pedacinho dele perdido por um amor deletado.
Somos fortes e superamos tudo o que queremos, seguindo em frente com paz e a segurança de um novo futuro.

Ariadne disse...

Amiga! sem palavras...
Você aaarrrasou!!!!!!!
Beijo no seu coração!

Ariadne disse...

Só pra te lembrar...
Não se preocupe se está precisando ficar mais esbelta.
Você é o que é, e acabou.
Se caminhada fosse bom pra emagrecer, o carteiro seria atleta...rsrsrs!!!

GUILHERME PIÃO disse...

É duro, é triste, ainda bem que temos força para encarar e encontrar os rumos que nos levam a felicidade.
Abraços

Majoli disse...

Sabe quando a emoção bate forte?
Pois é assim que fiquei ao te ler amiga, coração aqui ficou acelerado.

Lindo, lindo, lindo.
Beijosssssss
Lindo final de semana querida.

Elaine disse...

Elaine,
Tem um selinho para você no blog; espero que goste. Mas como sempre, fique à vontade para recusar.
Beijos e bom fim de semana.

Everson Russo disse...

Por mais que a gente tente fixar essas pegadas, o cenario da despedida acaba ficando bem mais marcante, engraçado, que em vias diferentes escrevemos mais ou menos o mesmo tema...rs..rs...sempre aquela espera do amor que um dia ele venha de alugm lugar distante, de algum ponto do universo, ou quem sabe que ele venha como um raio insano da madrugada, minha querida amiga,obrigado de coração pelo carinho das suas palavras, tenha certeza que é reciproca nossa amizade, um beijo na alma e um final de semana longo maravilhoso pra ti...

p.s. tambem navego na duvida entre poesia e poema,,,acho que é tudo igual....uma perguntinha, voce tem orkut,,,se tiver e quiser me aceitar por lá, me convida, Everson Russo...eu to tentando juntar os blog amigos....beijos

RosanAzul disse...

Oi Elaine! Sobrevoando teu blog e pousando meu carinho!
Lindo teu escrito Elaine! Parabéns!
Te agradeço o carinho e a presença em meu blog! Um grande e amoroso abraço de Luz! RO

José disse...

Olá Eliane,
Obrigada pelos seus bonitos comentários lá no meu blogo,e parabéns pelo seu lindo poema.

Gostei desta da Adrianna, se caminhada fosse bom para emagrecer,
o carteiro seria atleta, desconhecia.

Vi pegadas na areia
na praia ficaram marcadas
e depois da maré cheia
olhei sem ver as pegadas.

o resto de um bom fim de semana

um beijinho, José

Sandra disse...

Fiquei muito feliz com o seu comentário em meu blog. as vezes agente se impressiona com a s coisas. Mas ainda bem que existe a esperança.
Um grande abraço amiga.
Quando eu vou para Jaraguá eu volto e levo uma poesia sua para o meu blog Sinal de Liberdades.
Elas são lindas.
Vale a pena compartilhar com os amigos.
Bjs.
Sandra

Anita "Menina-Flor" disse...

Que belíssimo texto Elaine, belo recado para todas nós. Acho que já passamos por essa fase, como você mesma disse, o tempo cura tudo, e cura mesmo. Temos que deixar nossos corações livres de fantasmas para novas emoções, novos amores.

Ariadne, adorei a do carteiro, mas o daqui da minha cidade é magricelo rsrs.

Beijos no seu coração e ótimo domingo.

meus instantes e momentos disse...

muito bom, parabens.
emoção a flor da pele, gosto disso.
maurizio

Everson Russo disse...

Deixando um grande beijo no seu coração e o desejo que sua tarde de domingo seja maravilhosa....

Sandra Botelho disse...

Este teu post, mexeu com minha emoção e coração.
Espero assim como vc esquecer...
E um dia poder dizer : Te esqueci.
Bjos querida adorei teu blog.

O Profeta disse...

A meiguice dos teus olhos
Enternece a alma mais dura
Sei-te em cada batida de coração
Na verdade da água pura

A verdade da terra
De verdadeira verdade se veste a tua alma nua
O mundo conhece teus passos
O teu destino impresso nas pedras de uma rua

Mágico beijo

Elcio disse...

Tão bonito quanto triste.
Adorei o modo como desenvolveu a narrativa, amarrando aqui e ali até fechar c harmonia.

Parabéns pelo feeling.

É isso aí.

Bjs e ótima semana.

Everson Russo disse...

Bom dia querida, então me achou mais leve hoje? rs..rs..rs..sei lá, nem eu mesmo tenho explicação pra isso, as palavras vão saindo, muitas vezes elas contam um momento, outras elas contam outro momento, lembram sim do passado, sentem saudades, e no final é tudo a mesma coisa, a gente escreve em nome do amor...rs...rs...quanto a sua pergunta no Ultimo Barco do Planeta, alias, obrigado de coração por me dar força por lá tambem, o Barco é o seguinte, eu coloco por lá textos que já foram pro Livro, algumas velharias, e infelizmente não tenho tempo pra postar diariamente, então la fica duas ou trez vezes por semana...e o Russo é sim em homenagem ao insuperavel Renato que deixou saudades, foi meio que por acaso, mas acabou sendo, estava eu assinando o Uol, cerca de 8 anos atras, e quando me pediram pra criar um email, eu mandei pra eles, evr@uol.com.br, na consulta, o atendente disse que nao poderia, pois já estava sendo usado, e que eu teria que criar outro...rs..rs..pronto, fiquei sem saida, na hora assim nada me vinha a cabeça, foi quando olho em cima da minha mesa do computador, um cd do Renato Russo, mandei pra lá, evr.russo@uol.com.br, foi aceito...rs..rs..dai nasceu o meu Russo, homenagem a voz de uma geraçao....beijos querida, otimo feriado pra ti e uma otima semana tambem....

A Magia da Noite disse...

o amor é um ciclo, vai e volta, fica e está, mas despede-se apenas por pouco tempo.

Vem desfrutar do Amor de Deus disse...

Oi Elaine,
Fiquei encantada com sua visita ao meu humilde bloguinho...Obrigada viu e sinta se convidada para aparecer sempre que quiser.
O seu texto realmente é muito bonito e nos faz lembrar que sim...devemos deixar nosso coraçao limpo e livre para novas emoções... é uma forma de continuarmos vivendo...
Bjs e linda semana pra voce
Marcia

Chris... ჱܓ disse...

Lindo post!
Magnífico amiga!
Nas assas do coração ficamos a mercê de tudo...Amor, felicidade, saudade, dor, alegria... etc..

Feliz dia da Criança!
Bjos mil..

Vem desfrutar do Amor de Deus disse...

Elaine,
esqueci de agradecer o selo que você me presenteou...brigada querida já peguei e já vou colocar lá... o selo é lindo demais...
Bjs
Marcia

♥ ♥ Eu disse...

Ah...o amor

linda semana,

bjos!

Gilson disse...

Oi Elaine quis postar um diferente, pois nós sempre vamos naqueles lindos, onde ele nos faz caminhar pela emoção. Esse é diferente, mais complexo, mais forte.

Abs

Lidia Ferreira disse...

Não consigo colocar em palavras a emoção de ler seu poema,disser que e lindo, maravilhoso parece ser tão pouco, que só vou disser uma coisa
obrigada!
bjs

SAULO PRADO disse...

Poder dizer te esqueci, é o desejo te todos que sofreram uma separação...

Seus versos como você são lindos!!!

Beijo e Paz

Clecilene Carvalho disse...

Nossa! Gostei demais!