Seguidores

sábado, 24 de outubro de 2009

É Preciso Mais Que Cinco Sentidos


O tempo vai passando, os dias ficam mais límpidos e a mente mais clara.
No meu silêncio ouço seus passos dentro de mim.
Posso senti-los preocupados, porém, distantes;
Como se estivessem afastando-se do meu coração.
Meu olhar flutuando nos teus espelhos dágua,
Se perdem em mistérios que são só teus.
Minha boca se cala, com lábios fechados,
Em beijos que não se tocam mais.

Sinto o aroma doce do passado, onde o sabor sentido,
Era como se a importância pudesse cheirar no ar.
Todos os sentidos vibravam como uma sinfonia.
Os instrumentos se encaixavam em acordes suaves a tocar...Tocar...
Tocar de almas numa explosão de desejos a transcender o corpo.
Como se fosse uma canção ainda a ser escrita, mas...
A melodia pronta se ouvia dentro; como seus passos a caminhar,
Na estrada ainda não desbravada do meu interior.

Quem dera agora deixá-lo livre pra me amar!
Mas não posso libertá-lo do que fechou em ti.
Você é o dono da chave. É seu próprio guardião.

Os cinco sentidos não são suficientes para me entregar;
Preciso de algo muito maior como outrora;
Quando não sabia distinguir seus passos;
Quando não sabia que caminhavas por um solo novo que não podia ouvir, nem ver; só sentir.
Descobrir que alguém podia me amar viajando dentro de mim, colhendo meu melhor.

Depois. Ah! Há sempre o depois...A exigência de mais descobertas tomou o tempo da minha entrega e a porta foi se fechando em angústia, como se nada mais houvesse atrás dela e fechou.
Os espelhos dágua não me eram mais seguros para neles flutuar.
As águas turvas agora, revoltas a me procurar...Nenhum encontro. Tudo saiu do lugar.
Guardei os desejos em noites brandas de luar; hora na chuva, nas trovoadas; hora ao vento com seus sons distantes num eco a dizer: Amor!

E amor por mim foi o melhor caminho que trilhei, foi o único que despertou uma nova mulher
e outras deusas que estavam adormecidas. De mãos dadas a elas vivi, cresci e morri.
As quero de volta! Todas elas com seus aromas de fêmea. Passos cheios de si.
Vê-las transbordar de alegria na taça nobre do amor.

Quero na boca o sabor de mil beijos, sentir a alma transcender numa entrega,
Como porta sem sentinela; aberta para receber o milagre puro e divino de viver!
Quero o amanhã de outrora, novo como foi e livre como hoje, quando os cinco sentidos, já não tocam mais a sinfonia, mas... Meu ser vibra uma melodia que ninguém pode ouvir!

Elaine Barnes 4/11/2002

(Repetindo postagens que não tiveram comentários ano passado, partilhando com você)

28 comentários:

A Itinerante - Neiva disse...

Elaine,

Muito sensível. O final de um amor abrindo as portas do coração para a entrada de outro, o anseio por reviver a paixão mesclada à tristeza pelo isolamento e distanciamento.

Caminhos que são confusos quando estamos vivenciando e só enchergamos assim, através de cortinas d´água.

Depois o tempo passa, você olha para trás e vendo tudo diferente, entende. Mas aí é tarde demais, deixou de ter sentido.

Deveríamos compreender quando estamos vivendo e saber na hora o que fazer.

(Postei e retirei do ar. Estou um pouco confusa quando ao destino do blog. Peço que aguarde mais alguns dias até clarear melhor. :D)

Beijos e bom domingo.

José disse...

Ó Eliano,
Hoje não me vou alongar muito, para não errar novamento.
permita-me que lhe diga quando fecha uma porta há sempre uma outra porta que se abre, oxalá tenha tudo aquilo que mais desejar na vida.
O seu poema é muito profundo, e os sentimentos estão ai à flor da pele,

um beijo e bom domingo
José,

Sandra Botelho disse...

Que lindo amiga, doce, melancolico
e profundo!
Não é facil terminar um relacionamento, as vezes ficamos presas a alguem por covardia ou acomodação. Mas é sempre um milagre qdo encontramos um outro alguem um novo recomeço.
Bjos no coração. Doce amiga.
Add vc mas acho que não era o end certo ou eu que digitei errado. Não vejo vc on line, pode mandar de novo?

Elaine Barnes disse...

Obrigada pelo comentário. De vez enquando vou postar umas coisas do passado quando não tinha amigos seguidores.Meu end é
elainebb08@hotmail.com
Sandra e amigos que queiram papear de vez enquando rs...

Majoli disse...

Bom dia Elaine, fez muito bem em repetir algo tão profundo que diz muito de uma mulher que quer se descobrir sendo amada, não só por si mesma.

Sabe minha amiga, me encontro tanto em quase tudo que você diz.

É a nossa alma de mulher gritando ao universo os mais simples e puros desejos.

Gosto muito de vir aqui e tenho um carinho enorme por ti, mesmo sem conhecê-la pessoalmente.

Tenha um domingo de paz.
Beijos meus no teu coração.

Anita "Menina-Flor" disse...

Uma nova sinfonia em nossas vidas é tudo de bom.

Bjs amiga e ótimo domingo.

Pati Araújo disse...

Oi Elaine,

Obrigada pela visita, seja sempre bem-vinda!
Linda postagem, fez bem em postar novamente, nos presenteou...

Beijos e ótimo domingo!

Everson Russo disse...

Eu tambem faço isso, repito as menos cotadas do passado...rs..rs..rs..quando eu tinha poucos amigos de blogs..., mas passando pro post, quando se fala de passado, vem uma palavrinha agarrada com ele, saudade, e junto desses dois, cinco sentidos são poucos, algumas coisas nos fazem chorar, outras sonhar, outras querendo voltar, outras nem querendo lembrar, é um conflito danado dentro da gente, dentro do coração que bate e sofre por tudo...ontem mesmo por coincidencia, estava eu navegando no youtube, algumas musicas dos anos 80, nossa, que delicia...é sempre muito bom a gente lembrar e falar de amor, sentri que ele um dia esteve ao nosso lado, mesmo tendo ido embora....beijos querida, obrigado pelo seu carinho comigo...uma linda tarde pra ti e otima semana...

Pati Araújo disse...

Oi Elaine,

Passa lá no blog...tem uma indicação pra você.

Beijos e uma excelente semana!

Luciano Braz disse...

que linda expressão amiga , adorei cada letra.

Quero te deixar meu abraço e respeito, que sua semana seja abençoada viu.

Precisando grita bem alto e chego logo rsrs


Obrigado pelo carinho.

Luciano

Ricardo Calmon disse...

Huhuuuuuuuuuu! Elaine Amada Amiga Noiss!a volta deu por cima,é isso aí,minina doce nossa,Viver é Pura Magia!
Percebi,(snif) voce sobrevoar blog meu,nas da coruja asas,e não comentou nada ,nadin,mas,...ten probrema naun,ligo pra isso,naun,buááááááápááááááá´!

Bzu mãos suas amiga querida !

Viva Vida!

Pati Araújo disse...

Elaine,

Ó eu de novo!!

É o seguinte se o blog for aprovado pra lista, o Dário Dutra deixa um recado nos comentários aqui mesmo, daí você pega o selo que diz "blog selecionado",posta e indica (ou não) quantos blogs você sentir vontade e disposição. A amiga que me indicou , além de mim só indicou mais dois, disse que estava sem tempo, então...
Sinta-se à vontade, e tomara que o blog seja aprovado, pois é lindo.

Beijos :)

DE TUDO UM POUCO disse...

Obrigada pela visita e pelo selo...coloquei no meus "blogs preferidos", com link do seu blog.
beijo grande

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Elaine,

O amor faz a diferença e aguça tudo dentro de nós.

Beijo grande, menina linda.

Rebeca

-

RosanAzul disse...

Oi Elaine!? Como vai querida amiga?
Lindo e profundo teu escrito, parabéns!
Te agradeço ainda pelo carinho do teu comentário!
Um abraço e o desejo de uma feliz semana!
RO

Gilson disse...

Elaine minha amiga, aida não li seu texto para comentar, mas quiz vir aqui para dizer o quanto tem sido legal nossa troca, existem pessoas aqui que realmente nos ajudam a crescer, nos ajudam a sermos melhores e uma dessa pessoas tem sido você. Que bom você estar sempre lá comigo.

Abraços

Everson Russo disse...

Minha querida amiga, venho agradecer seu carinho diario, sua amizade de sempre, fico feliz por ter te encontrado aqui nesse blog mundo, tenha a certeza que esse seu carinho é muita força pra continuar...muitos beijos na alma e uma semana cheia de amor e muita paz...fique com Deus sempre.

(Carlos Soares) disse...

Mas que voo belo dessa coruja. Quem ama tem muito mais que cinco sentidos. Lindo,Elaine. Desejo uma semana tão linda como esse poema com que nos brindou.beijão

Maria Bonfá disse...

que lindo Elaine.
E amor por mim foi o melhor caminho que trilhei, foi o único que despertou uma nova mulher
e outras deusas que estavam adormecidas. De mãos dadas a elas vivi, cresci e morri.
As quero de volta! Todas elas com seus aromas de fêmea. Passos cheios de si.
vc é de uma sensibilidade maravilhosa.. parabéns. tenha uma semana de muita paz..beijos

Mariana disse...

Elaine que bom que estás compartilhando este belo texto"é preciso mais que cinco sentidos".
Lindo e com uma sensibilidade imensa.
Eu sempre venho "nas asas da coruja" porque adoro e sei q aprendo sempre algo contigo.
Tenhas uma semana linda, iluminada por Deus e produtiva.
Beijos.

Cris Tarcia disse...

Ola Elaine! Obrigada pelo carinho de suas palavras, elas foram direto para o meu coração. Criando uma ponte onde o amor e a amizade vai e vem.

A semana esta começando iluminada com o carinho dos amigos.

Beijos e mais beijos

Gilson disse...

Elaine

Profundo, intenso e ao mesmo tempo triste. Mas muito bom.
Gostei da nova foto, Elaine no carnaval, vamos aguardar a próxima...rs.rs....

Cris Tarcia disse...

Ola!Obrigada pelo mimo
Adorei

Tute Braga disse...

Gatona! Tem dois selos pra você lá no blog!!!
=D

Beijosssssssss

Lidia Ferreira disse...

No meu silêncio ouço seus passos dentro de mim.
Amei,adoro vir aki e saborear cada palavra dos seus poemas
bjs tenha uma otima semana e boas vendas
bjs

Lolla...doida varrida! disse...

hehehehehe COMO SEMPRE LINDOOOOOOO!!!
BJUS;)

Everson Russo disse...

Trazendo um beijo carinhoso e deixando uma rosa azul sobre o seu teclado pra desejar um lindo dia pra ti...

Carlos Albuquerque disse...

Estava voando pela blogosfera, encontrei estas ASAS DA CORUJA. Desci. Fiquei vendo um pouco. Cheguei nas "Pegadas Apagadas". Gostei. Voltarei para comentar.
BJS deste lado do mar