Seguidores

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Meu melhor Presente

Enquanto muitos desejam um presente de Natal melhor, objeto de seus maiores sonhos de consumo, eu já avaliei o meu melhor presente.
Fui a grande festa de confraternização da imobiliária na qual trabalho e me diverti demais. Ganhei o Oscar na categoria da mais animada da empresa com direito a tapete vermelho e tudo.
Dancei, brinquei e lá fora tive uma grave torção no pé direito. Tive uma das piores noites de dor. Pensei, repensei, chorei pelos planos que tracei. Como: Pintar a casa por fora, faxina pesada, fazer artesanatos e curtir muito os poucos dias de férias que teria com simplicidade.
Pela manhã depois da noite sem posição, muito gelo, pomadas e lágrimas, amanheci melhor. Minha amigona me levou ao hospital e foi lá que recebi meu maior e melhor presente de Natal. O pé não está quebrado.Vou poder andar com os dois pés no chão!
Se pudesse pularia de alegria! Nenhum presente que ganhasse seria melhor que esse.
Desejo a vocês amigos e companheiros,um Natal iluminado com valores reais e a entrada do Ano Novo com o "pé direito", inteiro. Que não haja dores e somente um caminhar alegre pela saúde mental, emocional e física elevando seu espírito na evolução da sua alma.A vida é o melhor presente.

Montão de beijos e abraços de gratidão
( E ela,a vida me deu Davi o grande amor que me preenche!)

quarta-feira, 19 de outubro de 2011


Já ia longe o frescor da juventude;
A pele firme, os traços bem feitos.
Já ia longe os filhos crescidos,
Desmamados de seus seios.

Ela, somente agora estava crescendo.
O tempo fez sua história;
Parecia ter passado muito lento,
Como brisa na sua memória.

De estrela, virou constelação.
Dera vida a uma família;
E o sol que aquecera seu coração...
Escondeu-se na lua tão fria.

E assim respirou sozinha,
O ar da noite, da cama vazia.
Na alma uma abelha rainha,
No seu interior, o mel existia.

E assim descobriu o amor,que
Sempre fora seu companheiro,
Mas não viu. Não buscou no interior,
O procurou no parceiro.

O doce sentido da vida,
É agora seu abrigo,
Seu chão de relíquia,
É estar de bem consigo!

Uma paz terna,
Que a maturidade trás.
Quem dera fosse eterna...
E não a abandonasse mais!

Elaine Barnes

Amigos obrigada pela paciência. Ainda estarei sumida,mas, peço que visitem o novo Blog Girls Sinto saudades de todos,mas, ainda não estou pronta pra voltar. Não tenho inspiração e o tempo que me sobra agora é bem curtinho. Espero logo estar correspondendo ao carinho de todos.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

O Sorriso do Mar- Premiado no blog Zambeziana

Menção Honrosa: Elaine Barnes  



Por mais que eu me sinta injustiçada e agredida.
Por mais que eu tenha que me desgastar...
Por mais que eu tenha que matar um leão por dia...
Todo esse endurecimento desaparece no sorriso do mar.

Um sorriso é meia vida,
Que se abre sobre as tristezas,
Banha meu corpo com alegria...
Escancarado de ondinas levezas.

Tem nele a paz que se encontra com a minha.
Tem ele a grandeza de minh`alma.
Tem a vida guardada nas profundezas,
No silêncio profundo da calma.

Essa imensidão de beleza,
Pra quem conto meus segredos...
Leva pra sua natureza,
Meus anseios e medos.

Seu sorriso vem nas ondas,
Na espuma sobre meus pés...
Conforta minhas dores,
Que se vão com as marés.

Sorriso de sal,
Que me faz tão bem;
Nas noites de lual...
Não abandona ninguém.


Elaine Barnes

Premio na categoria quadra no blog  Zambeziana Menção honrosa. Obrigada Graça Pereira por ter promovido esse evento de união de poetas. Mote- O Sorriso é meia vida . Fiquei muito feliz pelo nível, parabéns a todos os participantes!

quinta-feira, 16 de junho de 2011

O silêncio do pensamento

Sou o que penso,
Um aceno de lenço,
O banco e o assento,
A sombra e o relento.

Penso que sou,
O lenço a balançar,
O banco e o silêncio,
A sombra a movimentar.

Busco quem sou,
Sinalizo e aceno,
Nesse banco me sento,
No relento do vento.

Penso que vou,
Ao encontro de mim,
Quanto mais me aproximo,
Sinto a distância sem fim.

Elaine Barnes

sábado, 11 de junho de 2011

DESEJO

Quando fecho meus olhos,
E meus lábios tocam os teus...
O desejo em meu corpo treme,
E as carícias dos teus gestos;
Tão sensível manifesto...
São como brisa a me tocar.
Leva-me ao delírio mais quente;
Sinto-me como a terra mais ardente,
Esperando a chuva refrescar.

Elaine Barnes 4/01/1996

Feliz Dia dos Namorados !

quarta-feira, 1 de junho de 2011

FALTA


Todo mal do mundo é causado pela comunicação errada.
O que fala demais, o que deixa de falar, 
o que não ouve, o que não tem nada a declarar.
Por falta de comunicação não há entendimento.
Tem guerra e ilusão,
O poder sem discernimento.
A mais imbecil desunião:
É Casal se separando.
Filho sofrendo,
Mulher apanhando...
Enquanto a voz está na mão!
Falta amor no mundo.
Falta comunicação,
Falta Deus no orgulho,
Falta palavra no coração!

23/05/2011

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Sobrevivência



Fugi das encrencas,
De qualquer evidência,
Que estivesse ali.

Encolhi-me na coxia,
E fora da cena,
A corda eu subia,
Sem ver que desci.

Dentro dessa covardia,
Eu nem aparecia.
Pintei a vida de rosinha,
E da verdade me escondi.

Do borralho fui a cinza,
Cinderela na fantasia,
De um baile que nem vi.

31/07/2010

foto google

sábado, 14 de maio de 2011

Pensei

Pensei num rabo e lembrei de rabanete.
Pensei na pele lembrei do sabonete.
Pensei no céu lembrei de um passarinho.
Pensei na minha casa lembrei de um ninho.
Tem dias que as idéias embaralham,
Tem horas que as coisas sérias se espalham.
O que é, parece lembrança,
O que não é, me dá esperança.
Vejam só que coisa louca!
Escrevi na lousa:
“Eu só sei que nada sei”
E me lembrei!
“Sabia que o sabiá
Sabia assoviar?”
A natureza é sábia,
Desprovida de empáfia.
Pensei na terra e no matuto,
Lembrei do macuco.
Sabedoria que não tem um doutor!
Na solidão do macuco...
Lembrei de quem não tem um amor!

Elaine Barnes

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Graças a Deus, tudo passa

O que temos nessa vida é o que tem pra hoje. Amanhã pode ser bom ou ruim, mas, também passa, tanto a tristeza como a alegria. Acho que essa é a magia, viver intensamente nossos sentimentos e emoções sem nos enganar. Se estivermos tristes, estamos. Felizes, estamos. Esperançosos ou sem fé, estamos. Assim vamos aprendendo a conviver com nossas qualidades e defeitos, nos aceitando, para então mudar a música e dançar com nossos próprios pés.
Como tudo na vida passa o melhor é ficar do nosso lado.
Ando sem tempo para escrever e visitar os amigos.
Porém, minha vida não tem sentido sem amizade.
Penso, me cobro, oro, imploro, choro por inspiração e aprendo: É o que tenho pra oferecer hoje:
Meu amor e gratidão pela compreensão de todos os que passam por aqui e deixam seu carinho. Com tantos problemas que estou enfrentando, quero que saibam que esse afeto que me dão é tudo que tenho hoje. Obrigada!

Sarau na zona norte.Encontro de blogueiros.  Clique e Participe! Dependemos da sua presença confirmada.

Elaine Barnes

terça-feira, 29 de março de 2011

Pique,esconde, Mandrack e cresci!

Pomponeta...Peta..Peta...Peta..Perruge...Pomponeta...Peta...Peta...Peta...Pe...clim!"
Esconde a mão!
"Rei, capitão, soldado, ladrão, moço bonito de meu coração... 1...2...3......Foguinhoooooooooooooooo!"....
Lá em cima do piano tem um copo de veneno, quem bebeu, morreu!
Corre cotia na casa da tia, corre cipó na casa da vó!
Passa, passa três vezes a última que ficar, tem mulher e filho que me custa sustentar"
..."Senhora dona sangia, coberta de ouro e prata, descubra seu rosto queremos ver sua cara...”.
Que anjos são estes, que vivem rodeando...De noite, de dia, padre nosso Ave Maria.“.
Somos filhos do conde, bisneto de visconde, seu rei mandou dizer para se esconder!"...
-Não me lembro bem se as palavras estão certas, mas, lembro da sensação boa de ser criança pura. De fazer parte da ciranda, de passar o anel de doce. Saudades de viver sem me importar, se eu era apenas uma batatinha espalhando a rama pelo chão. 
Se a Terezinha era de Jesus ...
Eu só queria ser a moça bonita do seu coração!
Elaine Barnes
Sarau na zona norte.Encontro de blogueiros. Participe!

sábado, 26 de março de 2011

Primeiro encontro de blogueiros- Sarau " Somos Reais"

O Blog Nas Asas da Coruja e Sandra Botelho do Blog Meu Aconchego
convidamos vocês para trazermos agora para o real,
todo seu talento, todo seu carisma, todo seu carinho...
Estamos convidando Todos vocês para o Primeiro Encontro de Blogueiros, Sarau "Somos Reais".
Onde vocês poderão expor sua arte,seja sua pintura, musica, poemas, textos ou trabalhos manuais ...
E onde poderemos nos encontrar e dividir todo esse amor que já dividimos através dos blogs.
Nosso Encontro será na Academia Movimentos.Agora já tem blog,novinho!
Tenho absoluta certeza de que será mágico nosso encontro.E simplesmente inesquecivel
.Conto com a presença de todos vocês.
O dia do encontro: 22-05-2011 Domingo
Local- Academia Movimentos
Horário : á partir das 14:30 hrs
Endereço completo. Rua do Horto 350
.Zona Norte
Referencia Próximo ao Horto Florestal
Contato e confirmação de presença pelos emails:sandrag959@gmail.com elainebb08@hotmail.com
* Será cobrada apenas uma taxa de dez reais para petiscos.*
O numero da conta pra depósito da contribuição de 10 reais será mandada ao email dos que confirmarem presença.Deixe seu e'mail aqui no comentário.
*
Amigos nos ajudem a divulgar, levem a imagem e linkem em seus blogs.
Terá apresentação de dança de salão e exposição de quadros.Você poderá usar esse espaço pra declamar poesia e se tem livro lançado, poderá trazer também. Aproveitem!Esse encontro só acontecerá com sua presença.

sábado, 19 de março de 2011

Cada Passo um Preço


A cada passo perco um pé do sapato.
Volto pra buscar com pé descalço.
Abaixo-me, curvo-me... Procuro-me.
A sensação é de fracasso.
Ergo-me, aprendo-me, prendo-me;
No chão!
Nada foi ao acaso, apenas ocasião.
Caso-me no ocaso
Com a imensidão!
Mais um caso sem descaso.
Não caí. Vivi!
Tropecei perdi o sapato,
Engoli um sapo e devolvi.
Mudo de profissão,
Rezo na procissão,
Pra Alguém que me ama ouvir.
Movo moinhos e morros,
Movimento meu socorro...
Corro pra porta que se abrir!

Elaine Barnes
A blogosfera ganha mais um blog: Astroterapia Junguianada Minha amigona Cynthia. Ela fala de astrologia de uma forma diferente e enriquecedora. Amigos, gostaria dessa força que só vocês tem pra quem tá começando. Obrigadaaaa!!!!

segunda-feira, 14 de março de 2011

DESCONTROLE

Participação no Blog Xispan ZecaNo Dia da Poesia!
Ela estava ali, trêmula, ofegante.
Na verdade atrapalharia os momentos seguintes
Já não pensava mais com a razão.
Misturava os instantes,
Atropelava o coração
E já metia os pés pelas mãos.
Ela estava ali já sem planos,
Respirava um Tsuname,
Inconseqüente se adiantando.
Um filme em sua cabeça,
Passava rapidamente!
Só pensava em tudo pronto.
Fazia o que dava na telha,
Sem preocupar-se por roer o osso,
Sonhando com o mel da abelha.
Ela estava ali incansável, imediatista,
Fazendo tudo errado, ao contrário.
Sem elaborar, sem seqüência.
Sem lógica no cenário,
Sem tempo, sem idade.
Fazia e desfazia por instinto.
Seu nome?
Ansiedade!

Elaine Barnes
A Lidia do Cor de Rosa Choque fez uma entrevista comigo. Ficou linda!
A blogosfera ganha mais um blog: Astroterapia Junguianada Minha amigona Cynthia. Ela fala de astrologia de uma forma diferente e enriquecedora. Amigos, gostaria dessa força que só vocês tem ´pra quem tá começando. Obrigadaaaa!!!!

domingo, 6 de março de 2011

Encorpado e Grosso

Na minha solidão carnavalesca,
Lembrei-me de você,
Encontrei-te igualmente sozinho;
Corpo fechado, mas, esguio.
Morenice encorpada e
Com doce sabor de desejo.
Ofereci companhia;
Você aceitou meu beijo.
Com bochecha escarlate,
Saboreei-te grosso,
No cálice, bebi mais devagar,
Apenas um doce licor de chocolate!

Elaine Barnes
Tem homenagem a Mulher No Olhos da Coruja, passe por lá! A Lidia do Cor de Rosa Choque fez uma entrevista comigo. Ficou linda!
A blogosfera ganha mais um blog: Astroterapia Junguiana
da Minha amigona Cynthia. Ela fala de astrologia de uma forma diferente e enriquecedora. Amigos, gostaria dessa força que só vocês tem ´pra quem tá começando. Obrigadaaaa!!!!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

A Manga e a Maçã


E essa vontade de me adocicar nas frutas...
Aliviar o amargo da língua,
Lambuzar e sentir seu doce sabor!

Tantas vezes sonhei em morder uma maçã,
Quando à vontade de me amar era pouca,
Mas, ainda persistia a cada manhã.

Muitas noites, sozinha, lembrava da manga,
Assim cortada em cubinhos e porque não misturada
Ao melhor vinho? Sabor agridoce com perna bamba!

Mordi a maça, saboreei devagar até descansar,
Senti o amor descascar,
Suave, em fina camada fatiada.

Feliz o colori com manga doce,
Temperei com alegria como se fosse,
Um pedaço de vida suspirada!

Elaine Barnes
fotos Site Olhares
Visitem também bloggirls,tem um equívoco por lá!

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Sessão Coruja-Sentei Nas Palavras


Ah hoje estou assim...assim...
De meia lua. Minguada !
Meu corpo treme e sinto que é raiva.
Ah! Enfim desocupou um banco!

Queria tirar o tamanco...
Deixar as pernas jogadas!
Ai, preciso tanto de mim!
E tem tanta gente aqui...
Eu estou tão irritada!
Tem um cara dormindo ao meu lado,
O corpo todo relaxado...
E o meu todo travado...
Sentado nas palavras!
Que dia viu! Estou sem paciência!
Esse barulho tampando o túnel do meu ouvido,
lá dentro desesperado sacodindo meu grito...
No labirinto da inconsciência.
Duvido!
Nem sei se estou cheia ou vazia!
Acho que hoje estou andando no vácuo da fé.
Com raiva também desse esmalte velho no pé!
Engoli os "s"mesmo e daí? Eu tô uma azia!
Ah, enfim meu apito!
Quero sair desse ébano,
Esse metrô é um bandido;
Então....Abre-te Sézamo !
Elaine Barnes (chutando as letras)
10/12/2008

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Dançou Meu Bem!


Xinguei teu gingado,
Esse teu quadril requebrado,
E teus braços enlaçados,
Na cintura... Dela!
Seu olhar viciado,
De puro pecado,
E o teu corpo atracado,
Levando... O dela!
Teu gingado xingado,
Pisa na pista rasgado,
E no meu coração quebrado,
É que você dança... Com ela!
Meu olhar concertado,
Encontrou um piscado,
Que me ensinou o rebolado,
E fez da minha pista...
Passarela!
Tive um beijo roubado,
E meu gingado notado,
Te deixou arrasado,
Dispensando... O dela!
Xingou meu gingado,
Nem de ouro ou pintado,
Eu te dou mais trela!

Elaine Barnes

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

O Adeus do Verbo


Eu e você fizemos o nós.
Costuramos nossas vidas,
Alinhavamos nosso amor.
Com o tempo, a linha se soltou,
O eu se separou.
Você ficou sozinho,
E o nós nos abandonou.
Viramos somente pronomes,
Que um dia o amor conjugou.

Elaine Barnes
Novo Blog Bazar solidário para as vítimas das enchentes. Clique e participe!
Tem post novo sobre a cozinha da Sandra Botelho no blog girls
E nos Olhos da Coruja tem homenagem da Sandra Botelho Pintando os pés de poesia! Vejam que lindo!



27/01/11

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Sessão Coruja- Na Palma da Minha Mão Esquerda



Que nessa tarde azul,
Eu me banhe de lua,
Vista-me de estrelas,
Abrace-me com ternura.
Preciso tanto de mim!
Que saudades de mim,
Quando a noite chega!

De dia, sinto o aconchego.
O trabalho me abraça...
Eu me penduro no pescoço do mundo,
Agarro-me a ele, lutando pelo pão.
À noite, me penduro na paz.
O silêncio se pendura em mim.
Ele gosta da minha paz
E eu da sua solidão.

Observo as estrelas da minha mente.
São sementes de ternura.
Que saudades da minha lua!
Tinha ilusões tão puras...
Mas...Não tive lua de mel.
Saudades de mim no azul do céu!

A tarde azul trouxe a noite escura.
Solitária e crua, sem solidão.
Pendurada nela, a lua sem ilusão.
Pé no chão e estrela na mão,
Tem cinco pontas perfeitas na palma.
Vou seguindo sua direção,
Na busca de mim, da lua de mel...
Medalha pendurada em meu coração.

Elaine Barnes
(Descobriram essa estrela na minha mão eu já tinha 40 anos)
15/02/2009 Novo Blog Bazar solidário para as vítimas das enchentes. Clique e participe!
Tem post novo sobre a cozinha da Sandra Botelho no blog girls
E nos Olhos da Coruja tem homenagem da Sandra Botelho Pintando os pés de poesia! Vejam que lindo!

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

O Milagre das Lágrimas nas Mãos


E a pobrezinha morreu.
Cena triste que seu deu.
Foi perdendo o viço...
E nem mesmo Jesus Cristo,
Assim desapareceu!

Lá embaixo da terra,
Descansava sem festa;
Mas alguém lhe velava,
Pois na morte não acreditava,
Da bela ruiva que não esqueceu!

Todos dias a visitava,
Com lágrimas nas mãos chorava,
Cresceram folhas esverdeadas,
Tímido um botão espiava,
E dele a vida renasceu!

A morte espreguiçou,
Transformou-se em nova flor,
Regada por mãos que choravam amor.
Pois na Terra de Nosso Senhor...
Tem milagre e não adeus!





Elaine Barnes (molhei por meses a batata de um lírio morto)
9/1/2011 fotos Elaine Barnes, encantada!

Tem post novo no blog girls adoraria sua visita
Ah e tem blogagem coletiva Nos Olhos da Coruja estou participando do Blog Retrô da Elaine Gaspareto Participe também, estou lá com muita alegria!

domingo, 2 de janeiro de 2011

De "Repente"...Cordel!


SEM VENENO

Quero um canto cantado sem pó.
Um laço dado sem nó.
Um amor amado sem dó.

Quero cantar pelos cantos,
Mesmo que em tons desafinados,
Desatando os nós dos laços,
Que me liberte em abraços...
Dos amores sempre imaginados!

Quero apenas um amor sereno,
Na simplicidade de um campo semeado.
Sem dó, sem pó sem nó...
Em cada canto do meu coração enganado.
Sem prantos,
Sem cantos,
Sem veneno,
Sem cadeado...
Que abra a fechadura do meu corpo fechado!

Elaine Barnes
19/12/10

Tem blogagem coletiva Nos Olhos da Coruja estou participando do Blog Retrô da Elaine Gaspareto Participe também, estou lá com muita alegria!