Seguidores

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Quem é Ele?


No sorriso de um palhaço,
Com total desembaraço,
Contagia a platéia a sorrir.
Em cambalhotas é pura graça,
Faz do picadeiro seu prazer.
Esconde-se atrás da máscara,
Doa sua vida as crianças,
Que apagam as lembranças,
Da solidão que o faz sofrer.
Quando as luzes se apagam...
E o show já terminou.
Os aplausos ainda ecoam
Na confusão da sua mente.
No camarim tira a maquiagem,
O sorriso morreu.
Quem é ele?
Não sabe mais. Esqueceu!

Elaine Barnes 26/10/1993

6 comentários:

(Carlos Soares) disse...

Que bacana Elaine.Lembrou um pouquinho meu texto.Tenho um poema também MAQUIAGEM.bjsss

O Profeta disse...

O julgamento dos teus fracassos
É feito numa lagoa sem azul
Um milhafre lança um pio de raiva
Que atinge o branco das casas do sul

Depois, o silêncio da solidão
Esta muda inquietação
Um barco sem água no casco
Numa espera de assombração


Bom fim de semana


Mágico beijo

Ariadne disse...

Oi minha linda, fico tão feliz quando você me visita e deixa seus amores nos meus. A gente não se conhece de carne e osso, mas de alma e coração, que é pra lá de bão!
Amo suas asas, quando você se perder no vôo, não tenhas medo, lá embaixo estará meus novelos para te acolher.
Uma palhaçada de beijos, e muitas piruetas no palco da nossa história.

(Carlos Soares) disse...

Beijão pra vc.Vá lá no blog,tem um texto,uma singela mas sincera homenagem a vocês mulheres

Anita Fonseca disse...

Olá querida! Magnifico seu texto, gostei muito.

BJS.

Anita Fonseca disse...

Tem selo pra vc no meu blog.

Bjao.