Seguidores

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Felicidade Triste



Estranho o tema não é?
O que vai a minha cabeça
É a linha tênue que passa por um pé.

Pé do ouvido...
Pé de marido...
Pé de filho...

Num momento a felicidade eterna de poder ouvir:
Juras de amor...Elogios...Reconhecimento...
Em outro ouvir notícias tristes...Brigas...Calúnias...
A felicidade do dom de ouvir resiste, mas, cai no esquecimento.
O ouvido seleciona o ruim e a alegria se vai num pé de vento.

Pé de marido feliz caminha ao nosso lado!
A direção é a família e ele anda com a gente.
A felicidade é ter os pés juntinhos na cama,
Aquele que deixa o lugar sempre quente...
Quando ele se vai a tristeza é que manda;
Esquecemos de lembrar que temos os próprios pés,
E que mesmo sozinhas a gente anda.
A felicidade está no caminho e como trilhamos,
Até quando a gente "dança".
O resultado somos nós que criamos.
Feliz é quem tira os pés da lama!

Ah, ainda tem o pé dos filhos;
Que dão no pé da liberdade.
E a juventude pode tudo...
Em nome da sua verdade!
Tem a vida toda pra lembrar
Pra fazer, refazer e pra mudar...
Tem um pé lá outro cá,
Saber que podem voltar,
Isso já é uma eternidade!
Quando tristes pelas desilusões,
Com tão pouca idade...
Calam-se, sofrem e também esquecem
Que a felicidade está no seu lugar,
Na liberdade de poder experimentar,
Errar e todo tempo pra concertar.

Entre um pé na realidade e outro na fantasia,
Vamos vivendo entre a tristeza e a alegria;
Com um pé na cova, mas outro na folia!
Batemos com o pé na teimosia,
Damos um pontapé no medo de amar,
Porque a felicidade fica triste mesmo...
Quando a gente lembra que tudo vai acabar!

Elaine Barnes" Mas no fim, tudo da pé, é só acreditar em Deus e pé na tábua."Palavras de Wanderley Elian Lima
(Foto site olhares- autor: Jorge Coelho)
O blog Menina Robô está fazendo 1 ano! E a Kariny, autora do blog, lançou uma blogagem coletiva para comemorar e vai ter até prêmio! Participe você também! Saiba como clique aqui

36 comentários:

Reyel Angel disse...

Te aplaudo de pé! Poema perfeito, para mim... Adorei! Bjos...

Chica disse...

Tu és maravilhosa!uM TEXTO PRA TIRAR O CHAPÉU!LINDO!BEIJOS,TUDO DE BOM,CHICA

Fatima disse...

Pois é,
este dias escrevi lá pra Livinha que eu sempre sou feliz, mesmo quando não sou.
Bsjs.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Elaine
Mas no fim, tudo da pé, é só acreditar em Deus e pé na tábua.
Beijos

Majoli disse...

Destaco o seguinte pedacinho:
"Pé de marido feliz caminha ao nosso lado!
A direção é a família e ele anda com a gente.
A felicidade é ter os pés juntinhos na cama,
Aquele que deixa o lugar sempre quente..."

Quando me separei, que passei a dormir sozinha em uma cama, meus pés se sentiam tão sem razão de existir...pareciam estar frios, mesmo que fosse inverno e eu colocasse meia neles...

Aprendi agora a andar sozinha, a dormir sozinha, e me tenho por companhia, aliás me acho uma ótima companhia.

Quanto aos filhos, só os tendo e vivendo esses momentos pra gente saber como é né minha querida?

Bem, se for comentar o teu texto todo, farei um texto...rs.

Mas, me tocas no coração, pois me encontro em suas palavras, em teu jeito de ser.

Você é muito especial minha querida, muito.

Beijos e um abraço bem apertado com todo carinho de minha amizade por ti.

Beijokas no lindo Davi.

SAULO PRADO disse...

Felicidade Triste é o mesmo que querer provar que a vida existe...

Mas para que prova?

O bom é se sensibilizar e voar nas asas da coruja...

Ps: Uma linda e especial Coruja!!!

Livinha disse...

Elaine minha querida amiga,
por razão de um pé de vento,
tudo em minha vida saiu do lugar...
daqueles 4 pés juntinhos fazendo a cama quente, sente-se frio, naquele lugar...
Por isto, estou dando um tempo,
peço apenas que não me esqueça, que por entre um pé e outro, estarei aqui e acolá...
Eu pessoalmente, tornei-me tua fã,
quando tens nessa tua mente, tanta riqueza a te inspirar...
Sequer tenho mais palavras pra te ofertar...
Lindo e maravilhoso texto. parabéns,
Esse foi de arrepiar.... Estou sensível minha amiga e penso que família não foi feita pra se faltar.
Bjss grde pra ti
Livinha

Lidia Ferreira disse...

VEM KA QUE VOU TE DISSER NO PÉ DO OUVIDO RSRS ME DIVERTI MUITO LENDO ESSE SEU POEMA
BJS

Sonhadora disse...

Minha querida
Que poema maravilhoso...adorei
Lindo.

beijinhos
Sonhadora

Pérola disse...

Bom dia minha querida.
Vim botar o meu pezinho aqui rs.
Amei a sua postagem.
Tenha um lindo dia,caminhando sempre firme e nos ofertando com textos tão belos.
Um beijo grande.
Fica com Deus.

Lady disse...

Simplesmente lindo e encantador como tudo o que você escreve e nos presenteia a cada dia.
Que seus dias sejam recheados de coisas boas.
Lindo dia pra ti!
Bjs

José disse...

Olá Elaine,
Quero agradecer-te aqui pelos teus sempre tão simpáticos comentários,
eu também tenho muito orgulho de ser teu seguidor, e ser teu amigo.
Quanto ao teu poema, está espectacular,eu tenho que ler sempre duas vezes para entender melhor a tua maneira especial de dizer as coisas.

Agora vou falar aqui dos pés que
conhece, esta parte é brincando,
há o pé da gente,o pé de atleta,
o pé chato,o pé inchado,ao pé de ti,ao pé de mim, o pé direito,
e depois ainda há, o olho vivo e pé
ligeiro que é o pé do cigano, quando vai roubar qualquer coisa para a mula, bem chega de pés.

beijos, muitos,
José.

Usuale disse...

Oi! Tem um site muito bacana que possui mais de 50.000 acessos ao dia e fazem parceria com blogs/sites, vale a pena! Eu já fiz o meu!Só lembrando que como se trata de uma parceria você tem que colocar o selo deles também no seu blog/site, que você pode pegá lo no mesmo link abaixo!Senão você não receberá acessos!

Aí vai o link: http://www.guiademulher.com.br/enviar_blog.php

Um abraço!

Jacque disse...

Vi seu comentário no Blog do Daniel. Desculpa amiga, o Daniel me conhece, tenho depressão. às vezes fico sem vontade de postar, comentar em Blogs. Mas não é por mal, é difícil ser assim. As coisas ruins me afetam de uma maneira muito pesada. Quando eu melhoro, procuro as pessoas.
Obrigada amiga.

Beijo

Pati Araújo disse...

Oi Elaine,

Você como sempre especial em sua forma de dizer as coisas, adoro pensar que o que eu sinto dá para expressar...mesmo que por outra pessoa! rsrsrs
Amiga, vc faz isso, coloca em palavras muito do que eu sinto.

"Porque a felicidade fica triste mesmo...
Quando a gente lembra que tudo vai acabar!"

Beijos agradecidos :)

PS: Quando sai o livro mesmo? rsrs

Sandra disse...

Ola amiga. além de lhe oferecer um lindo selo que está na Curiosa, os 300..Venho brincar de carnaval..
Passe lá..já postei.
http://sandrarandrade7.blogspot.com/
Sandra

Sandra disse...

Lindo texto..
Já tirei o meu pé da lama..E como é bom...Caminhar pelos nossos próprios pés..Não importa se sujamos..O importanter é caminhar com eles.
Um grande abraço.
Sandra

Pérola disse...

Boa tarde minha querida.
beijos mil.

Daniel Costa disse...

Elaine

Como sempre, o teu poema é belo, como bonito e interessante é o teu sorriso. Em jeito de crónica de pés, saiu um poema eloquente como sabes ser.
Beijos
Daniel

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!! Não é estranho o tema, é como ser feliz mas está triste, são as situações da vida, mas o amor está lá, como a felicidade, apenas no seu cantinho.Gostei do poema e do seu comentário.BJS

Mylla Galvão disse...

Oi Elaine,

Vim verseu texto para a minha blogagem de carnaval e não encontrei...
Tudo bem, passando apenas para te visitar então!!!

bjs

Sandra Botelho disse...

Realmente Elaine
Nossa felicidade depende somente de nós.
Dos caminhos que escolhemos para trilhar, E as vezes erramos por depositar essa responsabilidade nas costas dos outros.
Alguem um dia me disse isso...E eu jamais vou esquecer.
Bjos!

Elzenir disse...

Lindo, lindo, felicidade é poder estar aqui e sentir que a vida vale sempre a pena. Tem festa no blog. Espero vc, fofa!!Bjs

janiperes disse...

ah amiga e dar no pé qdo td está um saco, não, não, não, não pode,
beijos, adorei

Lidia Ferreira disse...

Minha querida amiga , não se preocupe eu realmente estou bem , só as vezes que fico assim , resolvi deixar o tempo se encarregar e me mostrar o melhor caminho , o bom desta postagem foi :
1- eu consegui colocar pra fora esse sentimento
2- e pude ver que tem muita gente que sente como eu
mas obrigada por sua palavras e sei que não são ladainhas rsrsr sabe que tenho voce como uma irmã
bjs

Graça disse...

Ei, menina cheia dos significados poéticos!!

Você é uma excelente artista da palavra, não se esqueça nunca disso, Elaine.

Esse seu superbembolado poema 'polissêmico' é uma verdadeira prova disso!

Continue, amiga, está cada vez melhor! Aplausos, tb.
Beijos!

Everson Russo disse...

Acho que a vida que a gente leva por ai,,,felicidade e tristeza andam juntas,,,sempre os melhores momentos são passageiros,,,e passsam inacreditavelmente rapido pela vida....um beijo e um dia lindo pra ti.

Sandra Botelho disse...

Amiga tem brincadeira para você no meu blog.
mas se não quiser sinta-se a vontade para não brincar tá?
Bjos!

Manuela Freitas disse...

Olá querida Elaine,
Podia ser uma ode ao pé, foi uma ideia fantástica e bem concretizada...Gostei és uma grande poeta, cheia de espontaneidade!...
»Com um pé na realidade e outro na fantasia...cá vamos caminhando dia a dia!...
Bjinhos vovõ linda,
Manuela

Xiwa disse...

Boa noite.
Não sei o que está acontecendo com o meu blog. Ele excluiu as pessoas e não estou conseguindo incluir, está dizendo que você bloqueou a minha entrada. Pela manhã quando eu fui postar, entrou uma mensagem dizendo que o meu blog havia sido excluído. Só quase na hora do almoço ele voltou ao normal. Pensei que fosse algum tipo de manutenção, mas agora uma amiga blogueira me mandou uma mensagem se dizendo aborrecida poir tê-la excluída e eu nem sei como fazer isso. O pior é que aqui está acontecendo a mesma coisa, não consigo adicionar você. Se souber como resolver isso, por favor me avise. Pois não tenho idéia do que pode estar acontecendo e nem onde me reportar para tentar solucionar.
http://www.silnunesprof.blogspot.com
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...
Quando eu tento adicionar você, diz a mensagem que o proprietário bloqueou o meu login. Não entendi nada. Será que fiz alguma coisa que aborreceu? Se fiz, por favor me desculpe.
E eu que sou meio atolada para lidar com certas coisas, nem sei o que fazer para resolver isso. Tive de entrar com outra identidade de e-mail. O que será que está acontecendo ?
Silvana Nunes

Graça disse...

Voltei...

Viu como não sou só eu que vejo seus belos poemas pela ótica formal, amiga? Uma 'ode', a Manuela disse, e concordo com ela...

Claro, escrever despretensiosamente... acho mesmo que é assim que fazem e fizeram os grandes poetas da História tb...
Creio que não sentam para escrever e pensam: agora vai ser um soneto, agora vai ser uma epopeia...e acaba saindo tudo isso, sem querer!!!

Você é boa, é espetacular, Elaine!
Adoramos te ler... essas reflexões e considerações são inevitáveis nos profs. de literatura...

Mas que vc é uma grande poeta, não há dúvida e todos os seus amigos afirmam isso, todos os dias...

Beijos, talentosa.
Bjinhs no Davi, o supergatinho do pedaço!!!

Clecilene Carvalho disse...

Aprender comigo, diz isto não...
Quantas vezes chego aqui de mãos vazias e encho o coração.
Sou eu que aqui venho e saio cheia do que dizer.
Hoje, por exemplo, estou fascinada com que acabo de ler.
Mas saio com a esperança de um dia... Assim escrever.
Vou num pé e volto noutro deixando beijos para você.

Cibele disse...

Estou me sentindo no programa do Raul Gil ai ele me pergunta para quem eu tiro o Chapéu??? eu digo que é para vc....amiga esse poema é lindo!!!

beijos

Geisa Machado disse...

Minha amiga, no momento tô querendo por o pé na folia! Passei aqui pra te desejar um carnaval arretado de bom! Muito sol, muita alegria, muita animação, muito tudo de maravilhoso que a vida possa te oferecer!!!
Bjussss

Pétala_Rosadinha disse...

Olá.
O que vc escreve é maravilhoso!
Simples assim!

Gostei muito do teu cantinho, esse, pois os outros ainda nao fui ver.

Beijos, bom feriado.

Anne Lieri disse...

Elaine,amei sua história!Mostra o quanto o ser humano é fragil e de um momento pro outro tudo pode mudar!Bjs,