Seguidores

sexta-feira, 31 de julho de 2009

O Que Será Que Eu Queria Ser?


Tem momentos em que os questionamentos são tantos
Que gostaríamos de respirar respostas.
Tem horas em que a fé se torna apenas uma imagem de santo.
Às vezes o “Eu quero” soa como uma aposta.
Outras nos diluímos em relações covardes, como água no vinho.
Nos tornamos dependentes de uma bebida que nem sabe se gosta.
Depois dessa falta de maturidade, dos tombos... A criança cresce.
Então voltamos a buscá-la. Ela é a essência que perdemos nessa volta.
A busca é de nós mesmos. E é incrível como a gente esquece.
Misturamos todas as sementes e nos jogamos em jardins alheios.
Projetamos flores e colhemos noite no dia que amanhece.
O escuro se prolonga e todos os gatos são pardos, não feios.
Depois de anos separando as sementes me pergunto: Quem sou eu?
E fico a responder em mantra:- Elaine Barnes, Elaine Barnes, Elaine Barnes...
Um pequeno ponto no universo juntando bagagem.
Sou vida em evolução ganhando consciência, novas possibilidades.
O que será que eu queria ao nascer?
Será que atravessar vestida de rococós essa passagem,
Ou conduzir minha própria carruagem?
Caraca, e eu nem me dei direito ao baile! Adeus borralho!

Elaine Barnes Fev/2009

2 comentários:

Jani disse...

clarissimo!!!!!!!!!!!chega de jogo por hj........rs, ou vamos a mais um senha de acesso?kkkkkk

Anita disse...

A vida nos mostra o que seremos apesar de nossas vontades e desejos.

Bjs e boa semana.