Seguidores

sexta-feira, 24 de julho de 2009

O Belo João Vitor


Chegou a Terra com três quilos e
Mais quinhentos gramas,
Um habitante muito esperado.
Chegou meio assustado.
Fez um pouco de charme,
Chorou, esperneou...
Pudera, estava quentinho;
E achou o dia muito gelado!
Ficou meio perdido, até...
Ganhar um colinho...
Aconchego, chamego...
Beijinho e algumas lágrimas
De alegria. Logo depois,
Sentiu frio de novo.
Hora do desfile!
Um monte de narizes,
Colados num vidro,
E olhos molhados do povo.
Viam-no pelado de saco roxo!
Fez charme com beicinho tremido...
Já fazendo parte desse Todo.
Às dez horas e cinqüenta e sete minutos,
De hoje, vinte e quatro de julho,
Chegou à Terra um pouco mais de luz;
João Vitor FF mais um milagre de Deus!
Perfeição que enche de orgulho...
Toda a família que ele escolheu!

Elaine Barnes ( Me sinto avó dele tb.Valeu Ines, sua árvore já deu frutos! Parabéns!)
24/07/2009

4 comentários:

Anita disse...

Que belo João Vitor! Que agora nos alegra com sua chegada! Que Deus o abençõe sempre.
E falando em nascimentos, amanhã é o dia da avó e vc que em novembro será uma avó muito gata, desejo desde já, um maravilhoso dia, que seja festivo e alegre e cheio de carinho e amor.

Bjjjjjsss

Cynthia Nunes disse...

Lindo o João.
Na sua página está errado meu nome tá é Cynthia rsrsrss

Obrigada pelo recadinho, bjs

Michelle Valente disse...

lindoooooooooooo!
AMEI O POEMA!

INES disse...

O belo Joao Vitor, esta cada vez mais belo.
Como seus poemas...bjs