Seguidores

domingo, 30 de maio de 2010

Sessão Coruja- Lágrimas de Nada


Ah! Esse vazio... Estranha paz triste
O sol brilha lá fora,
Porquê as nuvens estão dentro de mim.
Chove aqui dentro.
Lágrimas de nada, derramadas no vazio.
Ao menos se o gato miasse, se o cão latisse...
Até o rio desliza em silêncio, mas...
Também cairá em algum buraco.
As veias que percorrem meu coração
Ardem como fogo e nesse sufoco,
Carregam minhas nuvens de novo;
Pingam cansadas dentro do meu corpo.
A chuva cai sem oração, sem perdão;
Lágrimas de nada, não saem dos olhos.
Mesmo assim o sol brilha lá fora e agora,
Alguns pássaros rompem o silêncio quente.
Ainda bem que existem pássaros;
Preenchem com seu canto esse vazio.
E nos meus cantos escuros se faz,
Uma luz quase opaca; um pequeno barulho,
De gaiolas com portas se abrindo.
É o barulho da minha chuva se despedindo.
Que paz mais triste!


Elaine Barnes
18/01/2009
Foto Olhares- Thiago Campos
No bloggirls
Uma postagem nova a cada semana,sua visita é importante pra nós.

62 comentários:

Chica disse...

Entendo perfeitamente essa paz triste...Há dias assim,Lindo!beijos,ótimo domingo,chica

Elaine disse...

Elaine,
Este é um comentário-convite. Quero convidar você para participar de uma mega promoção que está acontecendo lá no blog: sorteio de 1 exemplar do livro Perseguição digital. Para participar basta acessar este link e preencher o formulário. É simples e bem rápido. Espero você. Beijos e obrigada por acompanhar meu blog.

PS:
Saudadesssss

Pérola disse...

Amada o vazio as vezes enche o saco rs.
Adorei o q vc escreveu vc está maravilhooooooooosa,ñ imaginei q escrevesse tão bem.
Parabéns e um lindo domingo.
Beijokas minha bela.

Everson Russo disse...

Lagrimas, vazios,,,tristezas,,,eternas inspirações e dores de amores,,,,beijos de linda semana pra ti.

Blog do Mensageiro disse...

Essa é a paz, essencial, aquela que te desliga do mundo por alguns momentos e que conecta com a essência. O tom é esse mesmo, chega a lembrar tristeza, mas na prática é o acesso que temos à alma. Bjos!!

Silvana - Interior Adentro disse...

Oi Elaine...

Vc nos faz realmente estar nas asas da coruja.

Como sempre, vc foi ótima. Nem me surpreende mais...rs

Estava com saudades daqui.

Beijoooo

Vem desfrutar do Amor de Deus disse...

Amiga, essa paz triste tem habitado meu ser também...Tento mudar, tento sorrir, mas está difícil...Sei que ficarei melhor..logo o riso voltará e você amiga, não deixe de sorrir sempre, ele nos levanta e faz bem...
Bjs carinhosos que a paz de alegria volte rapidinho..
Márcia
Ps: Olhe pro Davi...tenho certeza que ela volta mais rápido do que voce imagina..rsrsrs..bjs pra ele tb

José disse...

Olá Elaine! minha amiga estás tão tristinha hoje, tu que levantas sempre a moral de toda a gente, hoje estás assim dessa maneira, olha que o Davi, não gosta de ver a vozinha assim desse jeito, e ele está cada vez mais bonito.

obrigada pelo teu carinho sempre,
um beijinho grande,
José.

Marilu disse...

Elaine, há dias realmente em que o sol brilha lá fora, mas dentro de nós, nada se ilumina, mas há sempre a esperança que amanhã um novo dia nascerá e tudo ficará lindo.Mas falando em lindo, seu "rapazinho" está muito gato, que cosinha mais gostosa esse book da primeira papinha.Beijocas nos dois.

Luma Rosa disse...

Paz triste é igual solidão? Acredito na boa e má solidão. Momentos que nos encontramos em nós para balanço, para matar a saudade de nós mesmos ou essa paz triste que se referiu, algo a ser completado por algo bom! Beijus,

Paulo Tamburro disse...

ELAINE,

lágrimas do nada!

Ainda bem.

Já pensou você vertê-las por algo, mais significativo?

Por nada, a gente ainda perdoa, releva e não se preocupa tanto.

Só não gostaria que suas lágrimas tivessem uma razão objetiva!

Por nada, eu até admito.

E ainda bem.

Um abração carioca!!!

♥ Lady ♥ disse...

Olá flor!
Existem momentos que essa nuvem paira sobre nossos pensamentos.Mas logo depois o sol volta a brilhar.
Que o sol brilhe em todos os dias de sua vida.
Tenha uma semana especial.
Com carinho,Lady.
Bj

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amiga
Poema melancólico, porém lindo. Tem dia que agente sente uma angústia sem motivo aparente, bom que isso passa, e amanhã o sol voltará a brilhar.
Beijos

ONG ALERTA disse...

A paz não deve ser triste e sim sábia.
Beijo Lisette

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Paz triste, paz sem cor, paz indolor... coisa mais horrível.

até mais.

Jota Cê

Diogo disse...

Olá Elaine, tudo bem?
Grato pela visita e amavel comentário. Gostei do seu poema e entendo esse estado de espirito. Por vezes faz-nos bem escrever o que nos vai na alma, né? Parabens.
Bjo deste lado do atlântico e volte sempre.

Pri disse...

muitas vezes essa paz, mesmo q triste, leva a reflexão...

bjo!... e uma linda noite!

Maria Flor! disse...

Há dias assim, que os olhos em tempestade lava a alma, enquanto lá fora a vida vibra e acontece.
Belissíma poesia.
Meus aplausos!

Beijos

Rafael Ceciliano disse...

Poema inspirador....
Ameei.'


Bjos.
Rafa'

Livinha disse...

Chuvas tristes, são águas que molham, que lavam a flor do pranto.
Elas haverão de brotar, outros brotos se darão...
Talvez uma rosa solitária, sugerindo um cravo de então...
Quem sabe na proxima primavera,
quem sabe proximo ao verão...

Não chore ainda não... Busque um violão e adentre a madrugada. No silêncio estrelas dalvas te contemplarão...

Bjs minha linda
feliz semana pra ti

Livinha

Pétala_Rosadinha disse...

É uma paz que inquieta nossa alma...

Ah, que texto lindo, Elaine. Como já foi dito aqui, isso nem é mais surpreendente.

Beijocas rosadinhas.

Cibele disse...

Mamis, saudades!!!

Mais ao mesmo tempo estou chateada, nada ainda né? me explica como pode??
estou indignada, com essa situação, e vc tbm claro!
Vou enviar um e-mail novamente e copio vc.

Beijão te adorooo

Rosemildo Sales Furtado disse...

A vida só é boa divido a esses altos e baixos. Com certeza amanhã será um belo dia e estarás esbanjando felicidades.

Beijos e ótima sema pra ti e para os teus.

Furtado.

Maria disse...

ELAINE
BOM DIA
COMO SEMPRE UM POEMA LINDO MAS MUITO TRISTE,NÃO QUERO VOCÊ TRISTE.
TENHA UMA BOA SEMANA E COM MUITA ALEGRIA.
BEIJOCAS GRANDES AO DAVID QUE ESTÁ MUITO CRESCIDO E LINDO.

:)))BEIJOSSSSSSSSSSSSSSS

Valéria Sorohan disse...

Essas lágrimas que às vezes teimam em correr, sem ao menos te um porque. Eu entendo mais que perfeitamente.

BeijooO'

Everson Russo disse...

Um montão de beijos pra te desejar uma semana muito linda....

Maria Bonfá disse...

Elaine que lindo! mas dolorido..senti que era vc ontem quando chegou.. lagrimas de nada.. lagrimas de desamparo.. de solidão..de ausencia de colo..de menina que arca com o mundo nas costas. me senti desamparada ao ler..amo vc amiga.. sou meia assim "perdida" mas conte comigo sempre..vc é uma amiga querida..amada demais..amo seu jeito moleque, sua meninice encantadora.. a vida que da vida aos nossos encontros..so somos hoje em 6 por sua "culpa" vc que foi o anjo que nos reuniu..vc essa coruja que nos leva no seu voo. obrigada amiga de coração por me permitir entrar para seu mundo.. amo vc de coração..beijão que deus abra seus caminhos

Mariana disse...

Vazios é um pouco triste.
Mas dias calmos as vezes precisamos, né.
Belo poema..
as lágrimas nunca serão em vão.

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ ANDRÉIA Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sant'Anna disse...

Paz triste está... paz que precisa ser completada por algo bom. Adorei seu texto.
Bjks e tenha uma ótima semana

Bordados e Retalhos disse...

Amiga há um tempo sempre de se aquietar. Mas depois o sol brilha novamente, as lágrimas secam e a vida recomeça com cantos de pássaros e risos de crianças. Bjs amiga

Daniel Costa disse...

Elaine

A paz triste, não terá o nome de paz, virá um dia em que desfaz. Quando tudo está sem mexer algo, algo de menos bom estará a germinar para acontecer.
Beijos
Daniel

Cacá disse...

Que um Deus acrescente uma paz humana em seu coração, hoje e todos os dias. Abraço grande. Paz e bem.

Juliana Lira disse...

Ow Fiquei tristinha

Só porque não quero vc assim, lembra que coruja também é pássaro e se o sol brilha lá fora alça teus voos para lá...
Te adoro minha coruja, amiga e flor.

Milhões de beijos

alfa disse...

Nas Asas da Coruja, passei por aqui através do Ricardo de "Viver é Pura Magia" e para além de ter gostado bastante do seu blog que vou passar a seguir, queria agradecer as palavras amáveis que me dirigiu a propósito do meu texto no blog dele - Pontos Protagonistas. Beijos do lado de cá do Atlântico.

Luciana Klopper disse...

Senti tudo que sentiste escrevendo essa poesia, lindo demais!!! Ler o livro da Re sim é mto bom!

Clecilene Carvalho disse...

Que o sol que brilha lá fora, aqueça seu coração e ilumine sua vida e leve embora o vazio e o som dos passáros seja música para sua alegria.

Ps: estou sem tempo para escrever, mas não consigo deixar de vim e matar a saudade.

Beijos.

Sonhadora disse...

Minha querida amiga

Lindo e triste poema, mas gostei muito.

Ah! Esse vazio... Estranha paz triste .

É a voz do vazio, uma triste melodia de silêncio.

beijinhos
Sonhadora

Rose Dayanne disse...

"Lagrimas de chuva molham o vidro da janela e ninguem me vê"!
Que paz triste seria essa que vez ou outra nos visita! Espero que embora triste traga bons ensinamentos... Só para variar um tiquim: Excelente texto! Beijão!

Fátima disse...

É mesmo contraditório...a paz nem sempre carrega alegria, mas vai passar já já, amiga.

Beijinho com carinho.

Beatriz Prestes disse...

Sentimentos....
Tantos, vagueando pela alma!
E todos você traduz com maestria em poesia!
Maravilhoso!!!
Beijo minha amiga querida!
E que coisa mais abençoada e linda está o Davi!!! Que vontade de encher ele de mil beijos..rs
Tudo de lindo à ele!!
Bea

legal disse...

obrigado hahahaha. a copa esta chegando falta 10 dias para brasil e portugal jogar.

http://copanafrica2010.blogspot.com

Silvana - Interior Adentro disse...

Oi Elaine querida!

Se o 44 não pega aí, tenta o 96. Uma leitora do meu blog deu essa dica, quem sabe né?

Tá muito frio ai em Sampa? Ah, eu adoro esse tempo! :O)

Beijooo e um lindo dia!

Sandra Botelho disse...

As vezes enm choramos por alegria e nem de dor...
As lagrimas caem vazias...Sem sentido, quase como as nuvens que se desfazem quando o vento as sopra sem direção.
Lindo demais amiga...
Bjos nesse seu lindo coração e achocolatados...
Você deixou seu vidro de doce aqui, to comendo tudo.
Queria ter te dado feijoada.
E arroz doce...Snif Sua forma ficou tbem.,

C@urosa disse...

Querida amiga Elaine, sempre agradável por aqui, lindo e reflexivo os seus poemas, paz para todos nós, se possível, acompanhada de muita harmonia.

forte abraço

C@urosa

Pati Araújo disse...

Oi Elaine, amiga querida!!

Assim é a vida: tudo sentir e tudo curtir...
São momentos que vem e vão... Esse mesmo é passado, janeiro de 2009...Interessante, às vezes nem sabemos como estamos nos sentindo e relendo velhos escritos nos redescobrimos, vai entender...
Amiga, agradeço de coração o seu carinho comigo e Lua, suas palavras são como bálsamo, te sentimos bem próxima de nós, êta amizade boa!! *rsrs*
Amei as fotos novas do Davi, como ele está LINDO!! Apaixonei...

Beijos :)

Geisa Machado disse...

Oi amiga!
Todos nós em algum momento (ou momentos) da vida sentimos este vazio, porém, o tipo psicológico extrovertido quando entra em contato consigo mesmo este vazio é imensamente maior. Mas este é o caminho.
Amei estar com vc no domingo. É uma delícia quando a gente se encontra, né? Não há vazio que resista. rsrsrs
Bjusss

Pérola disse...

Beijos minha amada.

Sandra Nabuco disse...

Olá Elaine,
que bom que gostou do Mantra e vai usá-lo na sua vida!
Eu posso garantir que vc vai se sentir muito bem!
Beijinhos!
Fica com Deus!

Valéria Sorohan disse...

Tem dias que realmente o silêncio não é bem vindo.

BeijooO'

José Sousa disse...

Olá minha coruja bonita, estou lhe seguindo. A chuva se despedindo tudo vira triste mesmo quando num país tropical.

Beijos

Bandys disse...

Elaine,
Voce como sempre é show. Adorei sessão coruja- Lagrimas de nada.
Agora, as fotos do Davi tão simplesmente lindasss!!
Um beijo e um feriado com uma verdadeira paz.

Everson Russo disse...

Um beijo carinhoso de bom dia pra ti menina....fique com Deus.

Elzenir Apolinário disse...

Elaine, tem um selinho p vc no blog. Mil beijos.

♥ Lady ♥ disse...

Tenha um feriado maravilhoso querida!
Tudo de bom.
Muita paz e amor em sua vida.
Com carinho, Lady.
Beijão

Anne Lieri disse...

Elaine,a paz realmente nem sempre é alegre...lindo e reflexivo poema!Muito bom te visitar!Bjs,

JOANA CAMPOS disse...

Eitá, toda vez que venho aqui, fico com vontade ter nenem de novo! meu caçula já tá quase indo pro exército, pois já tem dois anos! rsrsrsrs pasa rápido d+....buaa!

Ó amei a assinatura!


Beijos

Eliana Pessoa disse...

LENDO ESSE TEXTO LINDO ME SINTO REALMENTE NAS ASAS DA CORUJA VOANDO NUMA NOITE CALMA QUENTINHA!!!!
BJIM

Majoli disse...

Oi amiga, eu ando vasculhando lá dentro de mim a razão porque tantas lágrimas, tantas angústias andam tomando conta de mim.

Lágrimas de Nada, muitas vezes significa tudo.

Mas a gente vence, sai dessa e segue em frente, não é assim querida?

Amei estar com você no domingo.
A cada novo encontro me identificio um pouquinho mais com vocês, é pra sintonia e magia a nossa amizade.

Beijos enormes.
Beijinhos deliciosos no Davi.

Meri Pellens disse...

Todos desejamos paz, mas não paz triste, não é mesmo?
Beijos na alma, querida e fique bem.

Sueli disse...

Amiga querida, em minha vida também chovia apenas e o sol parecia fugir dela. Então resolvi aprender a gostar da chuva e agora, não há tempo ruim para mim. Saudadona de você! Beijo grande!

Luciana Klopper disse...

Esse vazio é o que nos leva a reflexões valiosas, é o momento de encontro, descanso da alma e mente!

Lidia Ferreira disse...

Adoro chuva , mas odeio quando chove dentro de mim
bjs rsrs