Seguidores

terça-feira, 11 de maio de 2010

Sessão Coruja- Beijo de Panela


Na panela tem manteiga,
Leite condensado,
Chocolate amargo,
Vou fazer uma besteira!

Depois do brigadeiro pronto,
Acrescentei creme de leite;
Piquei bolachas de maizena,
E coloquei na geladeira.

Experimenta!
Vai de colherada sem problema!
Tem sabor de amor...
Com paixão verdadeira.

Derrete na boca e esquenta,
Como um beijo caliente.
Tem o “hum” da pálpebra fechada...
E o doce da língua carente.

Elaine Barnes

14/06/2009

33 comentários:

Cibele disse...

Mamis, vc é um luxo, o poder e a glória, adorooooo
amei ver o Davi, a cada dia que passa ele esta mais lindo, o meu está tão grande....
me adc no msn: leite.cibele@hotmail.com

te adorooo, obrigada por me indicar lá na Luci, tá?

Wanderley Elian Lima disse...

Ótimo de até água na boca.
Beijos

Hod disse...

Em dias como os que aqui estão fazendo..Chuva e frio, esse Brigadeira cai como tampa na panela...

Beijo Elaine.

Hod.

Ivana disse...

Deu água na boca!
Beijos!

Sonhadora disse...

Minha querida
Muito doce o seu poema.

Derrete na boca e esquenta,
Como um beijo caliente.
Tem o “hum” da pálpebra fechada...
E o doce da língua carente.


Beijinhos
Sonhadora

Rafael Castellar das Neves disse...

Deu vontade!!!

Majoli disse...

Afffffff, assim fico com desejo....snifffffff.

Beijos de panela, gostei, maravilha.

Você tem uma criatividade e tanto, amo.
Beijos no ♥.
Tenha uma deliciosa noite minha querida.

Beijinhos nas bochechas do Davi.

Sueli disse...

Ai, qui dilícia!!!! Deu desejo agora, quiqui eu faço??? ...rs. Beijos!!

A. Reiffer disse...

Este poema é doce e forte ao mesmo tempo, hehe. Muito agradável de se ler.

Marilu disse...

Nada melhor que brigadeiro de colherada, enrolada em um cobertor..com esse friozinho..
beijocas

José disse...

"Com um beijo caliente"
aprovar essa delícia
fecha os olhos um momento
e imagina uma carícia

Um beijinho grande,
José.

Daniel Costa disse...

Elaine

O cotidiano duma boa dona de casa e uma poesia bem ritmada. A mistura, não irá estragar o belo gridadeiro, se é o bolo de chocalate, um dos poucos do meu gosto?
Beijos
Daniel

Everson Russo disse...

Minha amiga querida,,,,voce me fez lembrar minha saudosa mãe e suas receitas,,,muitas vezes malucas,,,mas que no final era como voce disse,,,de olhos fechados e saboreando,,,menina, gostei de te ver falando de REnato no Carlos.....gostas de Legiao? isso é bom,,,,,beijos de bom dia....

Tatiana disse...

Hummmm... Essa poesia tem o poder de nos dar água na boca!
Adorei!

Um beijo muito carinhoso para você!

Cacá disse...

Elaine, me ensina essa aí. rsrs. Me deu água na boca. Acrescenta-se o creme de leite com o brigadeiro ainda quente? Fala pra mim... Obrigado. Abraço grande. Paz e bem.

Chica disse...

É muito bom mesmo e é de lamber a panela.rsrs beijos,chica

Gilson disse...

Fiquei eu aqui com água na boca e você aí com a consciência pesada do quilo a mais...rs.rs..
Esse poema engorda só de ler...rs.rs.

Bjs minha amiga

C@urosa disse...

Querida Elaine Barnes, que panela gostosa, amorosa, saborosa, afetuosa, é o beijo do amor em todos nós, parabéns amiga.

forte abraço

C@urosa

Livinha disse...

Ô minha amiga, com esse doce assim tão bem descrito, somente posso te dizer que na tua panela tem o gosto da tentação...

Bjs minha querida

Livinha

Dri Viaro disse...

hummmmm lindo poema, pena que engorda rsrs

bjss

Lidia Ferreira disse...

so´falta isso rsrsrs misturar seus lindos poemas com as delicias que voce faz rsrs isso e uma loucura uma delicia loucura
bjs

Pri disse...


ah...amiga...q bom...fiquei feliz!!

q brigadeiro hein?!...deu até vontade...hehehe
eu tb faço com bolacha, mas nunca experimentei com creme de leite...vou fazer!!!

uma linda quinta prá vc!... ;)

bjo!

A.S. disse...

Elaine...

"Derrete na boca e esquenta,
Como um beijo caliente.
Tem o “hum” da pálpebra fechada...
E o doce da língua carente."


Huummmm... que delicia!!!

Beijosss
AL

Sandra Botelho disse...

Ai amiga, que delicia...Comemos o prato inteirinho...
Bjos achocolatados como o poema..rsrsrsr

Ricardo Calmon disse...

Minina Barnes,coruja vó amadérrima desse mininu que poeta pensa ser,ao abrir blog teu,céus,um barroco e sorridente David,huhuuuu,mui lindo,neto meu virtual esse.
Pois é Querida amada minina ,de coruja asas,em batalha ferrenha estoy ,por e pela vida,com seguidores amadérrimos como voce,presentes sempre em coração e mente minha,além de acabar uma tripla coautoria,de um seriado que vai dar o que falar em oito capítulos,na platinada vênus,by a titularidade sanguínea e fraterna,pereceberás,quando chegar a huera yesssssssssssssssssssss

smaaaackkkkkkkkkkkkkkkkk

viva la vie

Luciana Klopper disse...

E eu fiquei babando no teclado do computador! Deliciaaaaaaaaa

Sueli disse...

É, amiga, acertou em cheio. Tem até uma respostinha procê lá no Fenixando...hehehehehehe

Manuela Freitas disse...

Olá Corujinha tentadora,
Isso é o que se pode chamar de poesia muito doce e para mim brigadeiro é mesmo uma tentação!...
Beijinhos,
manú

Valter Montani disse...

Poesia para se ler e saborear, muito bom! bjs

Majoli disse...

Minha amiga, ainda tem brigadeiro por aí?

Pelo menos pra adocicar a boca na falta de um delicioso beijo...rsrs.

Eu estou bem sim minha amiga.
Precisando ligar pra você, pra matar um cadinho da saudade.

Desejo de coração que estejas bem e vendendo bastante.

Beijos no ♥
Beijinhos no lindo Davi.

ines disse...

PRA COMER COM COLHER, AI QUE DELICIA.

BEIJOS COM SABOR DE BRIGADEIRO

Anita "Menina Flor" disse...

Faz isso não mulher, queres me engordar é? kkkk assim não vale. E o Davi, tá muito lindo e gracioso. Beijos no coração.

A Madrasta Má disse...

KKKKKKKKKKKKKKK daqui que vem o brigadeiro de panela???? ri demais sua loucaaaaaaaa, afoguei as mágoas de ontem com os docinhos que furtei na festinha de domingo, entre eles o brigadeiro KKKKKKKKKKKKK quando li seu comentário chorei de rir!
Bjinhos da Madrasta!