Seguidores

segunda-feira, 14 de março de 2011

DESCONTROLE

Participação no Blog Xispan ZecaNo Dia da Poesia!
Ela estava ali, trêmula, ofegante.
Na verdade atrapalharia os momentos seguintes
Já não pensava mais com a razão.
Misturava os instantes,
Atropelava o coração
E já metia os pés pelas mãos.
Ela estava ali já sem planos,
Respirava um Tsuname,
Inconseqüente se adiantando.
Um filme em sua cabeça,
Passava rapidamente!
Só pensava em tudo pronto.
Fazia o que dava na telha,
Sem preocupar-se por roer o osso,
Sonhando com o mel da abelha.
Ela estava ali incansável, imediatista,
Fazendo tudo errado, ao contrário.
Sem elaborar, sem seqüência.
Sem lógica no cenário,
Sem tempo, sem idade.
Fazia e desfazia por instinto.
Seu nome?
Ansiedade!

Elaine Barnes
A Lidia do Cor de Rosa Choque fez uma entrevista comigo. Ficou linda!
A blogosfera ganha mais um blog: Astroterapia Junguianada Minha amigona Cynthia. Ela fala de astrologia de uma forma diferente e enriquecedora. Amigos, gostaria dessa força que só vocês tem ´pra quem tá começando. Obrigadaaaa!!!!

42 comentários:

chica disse...

Linda poesai !E essa tal de ansiedade atropela tuuuuuuudo que vem pela frente,né? Linda participação! beijos,tudo de bom,chica

Professora Carla Fernanda disse...

Olà! Gostei da sua poesia e vim conhecer seu blog. O Xipan sabe fazer amigos.
Seguidora agora.
CArla Fernanda

Majoli disse...

Oi querida, sua poesia disse muito a mim.
Quantas vezes a ansiedade falou por mim, se antecipou e tudo estragou.
Mas agora tenho tido mais controle de tudo, não deixo ela me atropelar mais não, tenho tomado decisões depois de muito pensar.
Beijos enormes no teu ♥, cheios de saudade.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Elaine
Parabéns pelo poema e pelo dia do poeta.
Muitos beijos

Livinha disse...

Que linda participação...
Descreveste tão bem a dita da ansiedade que jurei que estava a falar de mim...

Elaine minha querida,
quão bem fazes com a tua criatividade. Riqueza tem teus versos, nos dar ao encanto da fraternidade...
Parabéns minha querida, quando nas veias tens a poesia que chora, perambula noite e dia, assoviando canções no bico de boca, ias...

Bjs

Livinha

Livinha disse...

Elaine....
Kd o Xipan hem?
Menina ele sumiu... Será que o calendário desse macaco danado tá dando errado. Será que dia 14 pra ele é amanhã?
Ah menino abusado... rsrss


Vmos aguardar, ele está aprontando...

Bjs

Livinha

Hugo de Oliveira disse...

Bonita poesia, gostei.
Um forte abraço te deixou hoje no belíssimo dia da Poesia.

abraços

claudete disse...

Li sua entrevista e ...apaixonei-me mais ainda por essa pessoa linda,verdadeira e transparente. E ansiedade..Quem não tem seus momentos? Beijos no coração menina!

Milene Lima disse...

Participou em grande estilo, moça coruja. Vi lá o seu poema e ficou mesmo muito bacana, o que em nada me surpreende.

Ah, a ansiedade. Prefiro nem falar muito dela senão a danada acorda, tem um sono levinho.

Beijos, querida!!

Lidia Ferreira disse...

Em primeiro lugar , feliz dia da poesia .
Ansiedade, eu não gosto nem um pouco , mas voce a descreveu muito bem , e o mais incrível voce fez um poema sobre ela
affffffffff, rsrsr
Bjs

d'Alma disse...

Está sempre tudo tão longe, na ansiedade que tudo faz pressentir tão perto; bem dentro de quem deseja… ansiosamente!... Chega a entranhar-se na pele, na carne no coração e, até, na Alma!... E não chega, nunca, o momento, aquela palavra, aquela presença… a confissão!... talvez o beijo, a notícia, a resposta… a prova!... Nada acontece do que se planeou, com o detalhe minucioso do ensaio, da representação repetida mil vezes, naquele palco montado para o efeito;… tempo perdido, tudo acontece, no momento, e os palcos desaparecem debaixo do raciocínio, do equilíbrio. Até o chão!!!... E os pés deixaram de ter peso, não existem para dar lugar ao peso desmedido do mesmo desejo que agora flutua, como uma… pena embalada nos braços do vento!... E o momento que não chega!...




Abraço

Yasmine Lemos disse...

Elaine, vim conhecer seu blog e agradecer sua visita. O poema ficou muitooooo bom.
vou lhe seguindo
beijos

Amapola disse...

Bom dia, querida amiga Elaine.

Muito obrigada pelas suas belas palavras gentis.

A sua participação no blog do Xipan é que foi um SHOW!!
Parabéns!!

Um grande abraço.

AyméeLucaSs disse...

Linda Poesia a sua. A nossa festa foi muito boa!

A sua poesia fala de ansiedade. Na minha opiniao a ansiedade é pior que a tristeza. Viver em constante incerteza a espera de algo ou resposta que nao encontra em nenhum lugar, faz a gente muitas vezes engordar, pois nao sabendo como agir vem a fome e é uma fome sem limite, rsrsrs
A tristeza nos faz emagrecer, toda vez que achamos a resposta de algo e esta resposta é dolorida, nasce a tristeza que te emagrece, ao perder completo apetite, rsrs
Por isto que prefiro a tristeza, kkkkk
Beijos

ASTROTERAPIA disse...

Olá amiga, obrigada pelo carinho.
Estou aprendendo cada dia com você sobre poesias e tento olhar para seu mapa natal astrológico e sentir da onde vem a energia fluindo para cada post publicado.
A ansiedade é algo avassalador eu tive que aprender a lidar com ela em minha vida. Bjs de Cynthia

Vem desfrutar do Amor de Deus disse...

Que lindo... o que 'e essa ansiedade ne? Amiga estou voltando a escrever e visitar os blogs..a correria passou e agora ficou apenas a continuidade da vida.
Bjs carinhosos
Marcia

Anne Lieri disse...

Elaine,tive que te seguir de novo,pois perdi meus blogs e refiz tudo de novo.Numa dessa,perdi de vista,mas não do coração,amigas como vc!Poesia linda que trata com extrema sensibilidade e brilho a tal da ansiedade que nos persegue,de vez em quando!Maravilhosa sua participação!Bjs,

Cacá - José Cláudio disse...

Estas analogias ficaram uma MA-RA-VI-LHA, Elaine! Abração. Paz e bem.

ONG ALERTA disse...

Vontade de viver...beijo Lisette.

KINHA disse...

Olá Elaine

Adorei seu blog e já estou te seguindo. Venha me visitar e aproveite para me seguir também.
Vim lhe desejar uma ótima noite!

Amanhã é dia de ESPAÇO DAS ARTES, vc não pode perder...

Bjoooooooooooo..............

http://amigadamoda.blogspot.com

Sonhadora disse...

Minha querida

Hoje passando apenas para te oferecer o meu selinho de 500 seguidores, feito de muito carinho e amizade de todos que me seguem.

Beijinhos
Sonhadora

KINHA disse...

Olá Amiga

Me perdoe Elaine. Quando me atraso com as resposta aos comentários sou obrigada a fazer um copiar-colar, não gosto, mas às vezes é inevitável, com tantos coments diários...
Vim agradecer sua visita e lhe desejar uma ótima noite!

Amanhã é dia de ESPAÇO DAS ARTES, vc não pode perder...

Bjoooooooooooo..............

http://amigadamoda.blogspot.com

José Sousa disse...

Oi querida Elaine!
Lindo este seu poste! pode deixar que vesitarei o que foi recomendado.

Um beijão e boa continuação de semana.

Mariana disse...

Belo o poema.
Beijos para ti e um especial no Davi.

Sonia Pallone disse...

Adoro suas palavras. Sempre tão intensas, reflexivas e repletas de quero mais. Lindo "insigth" querida. Olha, já fui lá prestigiar e conhecer os blogs recomendados, adorei a homenagem feita a vc. Isso se chama amor. Meu beijo saudoso querida.

Rose Dayanne disse...

Eita ansiedade... Mas o controle é conquistável! Obrigada pelo carinho no meu blog tb. Sou sua fã querida.. MOntão de bjus!

Bandys disse...

Que perfeito Elaine.

Agora davi ta show de bola. Muito lindo e agora loirão ficou mais lindinho ainda.

Nós andamos sumidas uma da outra neh?

Um beijo carinho e um dia cheio de paz.

ASTROTERAPIA disse...

Que coisa esse tema com o que viveu essa semana, não é?
O que o inconsciente mostra. Bjs de Cynthia

RosanAzul disse...

Oi Elaine!! Essa ansiedade é mesmo bandida!! rsrs
Gostei do teu poema! Meu carinho, Rosana

Vinicius.C disse...

Boa noite!
Venho conhecer seu blog atravez do blog do Everson!

O seu post é uma delicia de ler, adorei!

Espero que possa vir e conhecer o Alma, meu blog!

o convite esta feito, eu ja sigo vc!

Um ótima noite!

Vinicius

Mari Amorim disse...

Obrigada pelo carinho.
Parabéns!seu post dispensa comentários,
boas energias,paz,saude,muito amor..
Um abraço
Mari

Everson Russo disse...

Um grande beijo de bom final de semana pra ti querida....muito carinho e muita poesia...

Marlene disse...

elaine ,lindo amiga.
esta bendita anciedade que nos faz
trocar os pés pelas mãos nos deixando num beco sem saida tantas vezes,
que ja não passou por isto
muit bom parabens,um abraço ótimo final de semana
marlene

Yasmine Lemos disse...

Passando pra lhe desejar um fds de muita paz e alegria
beijos

Wevertton disse...

Oie, quanto tempo faz que a gente não se falava. Como você esta? beijos e passa la quando puder! ;-)

Socorro Melo disse...

Oi, Elaine!

A ansiedade é uma tortura mesmo, e o poema está belo.
Vi a sua entrevista no Blog da Lídia, e amei. Parabéns, você é muito talentosa.

Beijos :o)
Socorro Melo

Peristilo disse...

Oi, Elaine! Ansiedade não é muito legal. Mas veja pelo lado bom: rendeu um belo poema! Beijão!

lolipop disse...

A ansiedade ás vezes, priva-nos do presente...
Fui visitar sua amiga...

Obrigada por seu carinho

Beijo carinhoso

Vinicius.C disse...

Olá!!

Passando para agradecer o carinho deixado no Alma, fico feliz que tenha gostado e espero que volte!!

Um ótimo fds!

Nos encontramos por lá ou aqui!

Vinicius.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

A ansiedade é tudo isso mesmo, Elaine. Nos faz ter atropelos. Beijos

Sandra disse...

Venho carinhosamente lhe oferecer o presente do Poetas um voo livre. a conquista é de todos. Fazes perte desse momento bem especial.
MUITO OBRIGADA
PASSE AQUI.
http://sandraregina7.blogspot.com/
VOU TE ESPERAR.
CARINHOSAMENTE PASSO VOANDO PARA TRAZER O MEU CARINHO..
ATÉ MAIS.
SANDRA

Graça Pereira disse...

Poesia nota DEZ no Dia da Poesia, enriquecendo-a e pondo todo mundo em doce ansiedade.
Irei visitar o novo blog da sua amiga.
Mil beijos.
Graça