Seguidores

sábado, 21 de dezembro de 2013

Pinta vai!

Pinta no seu muro a liberdade da areia.
Pinta na prisão do aquário, uma sereia.
Pinta pegadas no teu terreno baldio.
Pinta um amor no coração vazio.

Pinta o lodo do chão,
Com tinta anti-solidão.
Pinta voz na tua alma,
E a ouça com muita calma.

Pinta todas as tuas paredes,
E nos teus ganchos, uma rede.
Pinta ordem no teu rancho,
Pinta no cansaço um descanso.

Pinta sempre o que está feio.
Pinta espaço no que está cheio.
Pinta um regaço e deita no colo,
Pinta o caos de aconchego.

Pinta na tua mesa uma ceia,
Pinta um trono na tua cadeira.
Pinta um convite especial,
E pinta de Jesus teu Natal!

Pinta o velho, de novo.
Pinta um pintinho no ovo.
Pinta de pertinho o que está longe.
E Pinta de bem vindo 2014!

Elaine Barnes

Desejo a todos os que aqui passarem um Feliz Natal de Amor e uma pintura brilhante no Ano Novo, com as cores da Paz, Prosperidade, Alegria, Saúde e muita, mas, muita FELICIDADE!!!

3 comentários:

PAULO TAMBURRO. disse...

Olá, Elaine.

tenho sentido sua falta nos meus blogues e jamais pensei que eles fossem tão ruins assim. (rs)

Você me abandonou, isso não se faz(rs)

Quer que eu minta?

Espero por você.

Combinado?

Um feliz tudo pra vo cê com muita saúde, saúde e ...saúde!

Um abração carioca.

Marilu disse...

Que neste Natal os anjos desçam do céu e iluminem o seu sorriso para que ele se torne tão sincero quanto o sorriso de uma criança. E que você transmita a paz e o amor a todos aqueles a quem mais ama. Tenha um lindo e abençoado Natal. Beijokas

Marilu disse...

De repente num momento fugaz, os fogos de artifício anunciam que o ano novo está presente e o ano velho ficou para trás. De repente, num instante fugaz, as taças se cruzam e o champagne borbulhante anuncia que o ano velho se foi e o ano novo chegou. De repente, os olhos se cruzam, as mãos se entrelaçam e os seres humanos, num abraço caloroso, num só pensamento, exprimem um só desejo e uma só aspiração: PAZ e AMOR. De repente , não importa a nação; não importa a língua, não importa a cor, não importa a origem, porque sendo humanos e descendentes de um só Pai, lembramo-nos apenas de um só verbo: AMOR. De repente, sem mágoa, sem rancor, sem ódio, cantamos uma só canção, um só hino: o da LIBERDADE. De repente, esquecemos e lembramos do futuro venturoso, e de como é bom VIVER. FELIZ ANO NOVO PARA VOCÊ E A TODOS AQUELES A QUEM MAIS AMA. BEIJOKAS