Seguidores

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Balada de um faz de conta


Conta-me uma história agora,
Pra que eu viaje nas suas emoções
Pois, as minhas estão no agora que não quero viver!
Conte-me uma história então, minta sobre um mundo paralelo, mágico onde não exista traição. Conte-me sobre a ilusão, invente uma história bonita movida pelo coração, onde o roteiro permita respirar a paz, esperança e se consiga manter limpo o amor.
Por favor, não coloque sonho despedaçado, espelho quebrado, alma perdida, imagem sofrida, confiança traída, história repetida de amor que perdeu a cor.
Conte-me a mentira, que não existe a partida de quem nunca chegou.
Sabe, a ilusão não tem realidade doída, então me conte uma história sem conflitos que me descanse os olhos aflitos, e alivie meus ouvidos.
Invente um lugar pra me contar, onde as pessoas saibam alimentar o amor pra ele crescer, aumentar, alimentado, nutrido, pois ele não existe sofrido.
Vai, use a imaginação! Que não ousem se machucar e matar os sonhos que elas mesmas sonharam. Coloque plenitude, nobreza, respeito e caráter no amor para sempre.
Quero uma história contada sem “morte matada”, sem pesadelo acordada, sem lágrimas frustradas. Embale-me no faz de conta só por hoje. Eu só estou cansada. Deixa-me descansar na sua voz, pois a minha emudeceu. Se morreu poderá ser ressuscitada,mas, não agora,pois agora só quero uma nova história.

Elaine Barnes

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Sessão Coruja- Cadeira de Balanço



Cadeira de balanço embalou sem descanso,
Tantos sonhos meus.
Muitas vezes feliz; libertei-me do ranço,
Recostada nos braços teus.
Como todo ser humano,
Eu, eterna insatisfeita;
Muitas vezes me perdi.
E nos meus desenganos,
No teu colo me encontrei...
No teu silêncio me recolhi.
Foi tão bom teu aconchego em
Todos os dias que vivi.
Guardou meus segredos,
Desabafos e medos...
Entre goles de Parati.
Fiel companheira,
Velha amiga de madeira...
Continuas aí!
Range comigo de velhice,
Paciente com minha tagarelice...
O tempo passou e ainda não cresci.

Elaine Barnes

8/09/1994